Dimensions
PlumX
Cómo citar
Maciel, D. P. (2017). Empresas do comércio “em grosso” na economia de Goiânia, cidade em formação (1933-1963). Tiempo Y economía, 4(1), 85-99. https://doi.org/10.21789/24222704.1184

Resumen

Este texto refere-se aos primeiros trinta anos de Goiânia, cidade fundada em 1933, para servir de capital ao estado de Goiás (Brasil). A pesquisa que o fundamenta tomou como modelo de classificação das atividades comerciais o Censo brasileiro de 1950, que desdobra o comércio “em grosso” em dois ramos: o atacadista em si e o misto, este, composto por estabelecimentos que atuam tanto no atacado como no varejo. A pesquisa revela um vigoroso desempenho do comércio misto, comparativamente ao atacadista. Atribuímos o maior êxito do primeiro ao fato de a área varejista deste voltar-se para o abastecimento da própria cidade de Goiânia, cujo aumento populacional e modernização dos costumes têm produzido, localmente, uma demanda por mercadorias sempre em excepcional crescimento.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Sistema OJS - Metabiblioteca |